Sindicato dos Servidores Penitenciários realiza nova paralisação

Sindicato dos servidoresTeixeira de Freitas: O Sindicato dos Servidores Penitenciários da Bahia, SINSPEB, iniciou uma paralisação neste dia 15 de maio (quinta-feira), para exigir melhorias na condição de trabalho da categoria. Essa paralisação aconteceu em todas as penitenciárias do estado. Atualmente o quadro de servidores de Teixeira de Freitas é de aproximadamente oito agentes por plantão, sendo que o correto seria 150 por dia para atender aos 750 presos.

O diretor regional do SINSPEB, Baltazar Soares Felipe, falou de alguns itens da pauta de reivindicação dos servidores penitenciários, dentre eles, está o pedido de aposentadoria especial para a categoria, que já existe em alguns estados do país; o porte de arma, principalmente fora do presídio, já que esses trabalhadores são ameaçados constantemente; a realização de Concurso Público, pois o quadro de funcionários é extremamente reduzido; o adicional de insalubridade no salário dos agentes do concurso de 2010; a realização de uma escala de plantão que seja 24 horas de trabalho por 96 horas de folga; um plano de carreira, a ‘Lei Orgânica da Categoria’; e melhor aparelhamento das unidades para a revista pessoal.

Ao todo a pauta conta com mais de 30 itens. Com a paralisação, os servidores estão atendendo somente aos casos de emergência e foram cortadas as visitas e atividades laboratoriais. O quadro de funcionários hoje está com os 30% que a lei determina, ou seja, estão dentro da legalidade. De acordo com servidores, eles voltaram a paralisar, pois o governo não quis sentar e dialogar com a categoria, e nenhuma das reivindicações realizadas esse ano foram atendidas. Por: Petrina Nunes/Liberdadenews