Sequestradores morrem em confronto com a polícia no interior de Medeiros Neto

01Morreram em confronto com policiais militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (Ceto) [13° BPM] e da Pelotão de Emprego Tático Operacional  (Peto) [44ª CIPM de Medeiros Neto] no domingo, 27 de julho, os acusados de serem autores do sequestro relâmpago ocorrido na noite de quinta-feira (24/7), na rua Espanha, Jardim Europa, em Teixeira de Freitas. Uma mulher e suas duas filhas foram abordadas por homens em uma moto, sendo que um deles entrou no veículo e obrigou a vítima a dirigir para um matagal, nas imediações do Colina Verde.

Eles tentaram subtrair alta quantia de dinheiro da mulher, que não conseguiu os valores exigidos. Então, abandonaram as vítimas e levaram o veículo Ford Fiesta, de cor preta, placa policial JRY 6322. O carro foi localizado na noite de sexta-feira (25/7), quando uma guarnição da Companhia Independente de Policiamento Especializado (Cipe/Mata Atlântica) abordou o Fiesta e os dois elementos fugiram. Dentro do carro estavam o senhor Derivan, esposa e filho. Segundo Derivan, seu afilhado chegou à tarde na fazenda com o comparsa, e, então, lhe pediu uma carona até Cachoeira do Mato.

02O afilhado do Derivan foi identificado como Julian, o “Fé”, e o comparsa apenas por “Pranchão”. De acordo a informações são moradores do bairro Luís Eduardo Magalhães, em Teixeira de Freitas.  Desde a sexta-feira, após o registro na Delegacia de Teixeira de Feitas, que as Polícias Civil, Militar e Cipe estavam em busca dos criminosos. No sábado (26/7) a dupla teria trocado tiros com uma guarnição e conseguido fugir. Continuando as buscas, eles foram localizados na tarde de domingo (27/7).

Segundo a polícia, havia informações de que estariam em uma fazenda localizada no distrito de Nova Zelândia, município de Medeiros Neto. Chegando ao local, os militares foram recebidos a tiros. Os policiais revidaram e atingiram os acusados, que foram socorridos pela guarnição até o Hospital Municipal de Medeiros Neto, mas, não resistiram e morreram. Os corpos serão removidos ao IML de Teixeira de Freitas e o delegado titular de Medeiros Neto, Sanney Simões, dará prosseguimento às investigações. Fonte: Com informações do Liberdadenews