Sem medo de riscos, Dilma anda de moto pelas ruas de Brasília, diz jornal

Ministro de Minas e Energia fez a revelação e disse que nem seguranças perceberam ousadia

A presidente Dilma Rousseff fez uma revelação para o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão (PMDB-MA), dizendo que “saiu andando de moto pelas ruas de Brasília”. A informação é do jornal Folha de S.Paulo desta sexta-feira (23).

Segundo a publicação, nem o chefe da Segurança Presidencial, general Marcos Antônio Amaro, sabia da ousadia de Dilma.

Dilma disse que "a vida é cheia de riscos"
Dilma disse que “a vida é cheia de riscos”

Ainda não se sabe se a presidente estava na garupa da moto ou se ela mesma pilotou. Porém, Dilma disse ao ministro que “sentiu melhor os ares de Brasília”.

Caso a presidente tenha conduzido o veículo e não tenha a carteira de habilitação da categoria A — que autoriza a condução de motos — ela cometeu uma infração de trânsito. De acordo com artigo 162 do CTB (Código de Trânsito Brasileiro), dirigir veículo sem carteira ou Permissão para Dirigir é infração gravíssima, passível a multa de R$ 574,69 e apreensão do veículo.

Lobão chegou a se preocupar com a atitude da presidente e disse que ela precisava tomar cuidado com a segurança. Porém, Dilma disse que “a vida é cheia de riscos. Tudo que se faz importa riscos”.