Sefaz-Ba realiza operação para controlar fluxo de café no extremo sul

sacas-cafe-c1Visando estabelecer um maior controle do fluxo de entrada e saída de café no extremo sul baiano, bem como o ingresso de outros produtos de valor agregado relevante, a Secretaria da Fazenda da Bahia (Sefaz-Ba) iniciou, neste mês, a Operação Grãos de Ouro. A ação, que acontece até 31 de dezembro, atinge diversas cidades da região, entre elas Itagimirim, Eunápolis, Porto Seguro, Itabela, Itamaraju, Prado, Alcobaça, Nova Viçosa, Mucuri e Teixeira de Freitas.

“Um dos objetivos é coibir o trânsito irregular de mercadorias, evitando a sonegação fiscal e a concorrência desleal”, explica o superintendente de Administração Tributária da Sefaz-Ba, José Luiz Souza. No total, participam da operação 75 servidores, entre agentes de tributos, auditores fiscais e policiais, além de estarem sendo utilizadas 12 viaturas.

O diretor de Administração Tributária da Região Sul (DAT-Sul/Sefaz-Ba), Zelington Coqueiro, ressalta ainda que, “pela importância do café como um produto de alto valor agregado, é importante ter uma atenção especial no tocante à circulação, com a intensificação das ações de fiscalização na região, que é uma rota de entrada e saída para o Sul e Sudeste do país”.

Outras mercadorias fiscalizadas

Embora a operação tenha como foco principal a circulação de café, a Sefaz-Ba está fiscalizando também outros produtos como água mineral, combustível (em especial o álcool hidratado), bebidas quentes, produtos resultantes do abate de carne, farinha de trigo, produtos objeto de protocolo e/ou convênio; medicamentos (principalmente os produtos transportados em veículos utilitários) e açúcar. (Por Ronildo Brito)