Presos autores confessos de dois homicídios no bairro Alecrim

A Polícia Civil de Eunápolis anunciou que já prendeu os acusados de participação nos dois assassinatos que aconteceram no último fim de semana no bairro Alecrim II. Sérgio Rocha dos Santos, 34 anos e Wanderson Miranda Borges, de 19, foram apresentados para a imprensa, na tarde desta segunda-feira (02), na sede da 23ª Coorpin.

Detido em sua casa, no bairro Alecrim II, Wanderson, mais conhecido como ‘Andinho’, disse para a reportagem do RADAR 64 porque matou Jeferson Costa Teixeira Sena, de 16 anos. ‘Matei porque ele mexeu com minha mulher. Pegou minha namorada e fez sexo com ela. Agora não quero mais nada com ela’, frisou.

Wanderson e Sérgio confessaram os crimes, que ocorreram no fim da manhã e no fim da noite no Alecrim II
Wanderson e Sérgio confessaram os crimes, que ocorreram no fim da manhã e no fim da noite no Alecrim II

O adolescente foi assassinado a tiros, por volta das 11h30 da manhã, enquanto transitava de moto pela Rua da Graça. ‘Dei um tiro na barriga e ele ainda tentou escapar, mas fui atrás de bicicleta. Quando ele caiu, dei mais seis tiros’, declarou friamente.
O autor confessou ainda que já tinha tentado matar Jeferson, no mês passado, na porta da casa da vítima. ‘Atirei quatro vezes, mas não matei’, finalizou o homicida, confessando também que o revólver apreendido com ele foi o usado no crime. Wanderson já tinha sido preso por tráfico em 2010.
O segundo detido pelos agentes da Polícia Civil foi Sérgio Rocha dos Santos, de 34 anos, que declarou envolvimento na morte do lavrador José Silvério da Cruz, de 51 anos, por volta das 18h30, na Avenida Viana Gomes.

No entanto, Sérgio falou que não agiu sozinho. Silvério teria sido linchamento porque populares acreditavam que ele teria tentado estuprar uma criança da localidade. ‘Foram de 20 a 30 pessoas que o agrediram. Eu somente bati de soco e chute. A pedra não estava comigo’, falou Sérgio.
Mas a delegada Valéria Fonseca, coordenadora da 23ª Coorpin, rebate. ‘Existem provas que foi ele que jogou pedras na cabeça de Silvério, contribuindo para sua morte’, disse Valéria. Sérgio já tinha passagem por tráfico e roubo em 2006.
O delegado Cícero Feitosa, titular da 1ª Delegacia Territorial, informou em quais crimes os dois foram flagrantedos. ‘Ambos serão autuados em flagrante por homicídio duplamente qualificado, nos dois inquéritos distintos’, informou Cícero.
Valéria Fonseca ressalta que os índices de homicídio nos últimos 60 dias em Eunápolis manteve-se controlados. ‘Em abril nós tivemos quatro homicídios e em maio cinco. A Polícia Civil vem trabalhando diuturnamente, com equipes na rua e com operações, representando por prisões preventivas, busca e apreensão, tudo no intuito de combater a criminalidade’, finaliza a delegada. Fonte Radar 64