Polícia prende assaltante que matou joalheiro capixaba em Teixeira

assaltanteOs delegados Marcus Vinícius, coordenador da 8ª Coorpin, Kleber Gonçalves, titular de Teixeira de Freitas e Marco Antônio Neves, da Delegacia de Tóxicos e Entorpecentes (DTE), apresentaram à imprensa na noite desta terça-feira (15), Wanderlei Dias Souza Santos, de 20 anos, autor do crime de latrocínio (roubo seguido de morto), que vitimou o joalheiro capixaba Tadeu Antônio Zocatelli, de 47 anos na época, crime ocorrido na manhã de terça-feira, dia 5 de  março de 2013, na rua Lomanto Júnior, centro comercial de Teixeira de Freitas.

Joalheiro teria se assustado com o assaltante e tentou sair da loja, quando foi alvejado e veio a óbito
Joalheiro teria se assustado com o assaltante e tentou sair da loja, quando foi alvejado e veio a óbito

O joalheiro Zocatelli, considerado um dos maiores empresários do ramo que atuavam da região, acabava de chegar em posse de diversos mostruários à loja Paris Joias, onde Wanderlei estava assaltando juntamente com um comparsa identificado pelo prenome de Felipe, esse que moraria no Espírito Santo e está foragido. A moto usada no crime, uma XRE 300 cc, de cor verde, seria de propriedade do capixaba.

Além de assassinar com um tiro à queima roupa o joalheiro Tadeu Antônio Zocatelli, de 47 anos, Wanderlei Dias Souza Santos, de 20 anos, ainda confessa três homicídios tentados, sendo dois contra desafetos seus e o último ocorrido recentemente, quando ele tentou matar a golpes de garrafa uma ex-namorada, essa menor de idade. Em instantes todas as informações sobre a prisão, inclusive vídeos exclusivos com entrevistas dos delegados e também do latrocida. (Por Ronildo Brito)