Polícia Civil prende em flagrante mulher que matou marido a facadas

Na manhã desta sexta-feira, 5 de setembro, foi apresentada na sede da 8ª Coorpin, Elizângela dos Santos, 33 anos, moradora da rua Palmeira, no bairro São Lourenço. Ela que era casada com o Ananias, vítima de golpes de faca, que foi socorrido ao HMTF, na madrugada de domingo, mas, não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.xaaain1.jpg.pagespeed.ic.JdZ-nsEnML

Na tarde de ontem, uma equipe de investigação liderada pelo delegado plantonista Júlio Telles, sob a coordenação do delegado-chefe Marcus Vinícius, teve ciência do caso de homicídio e requisitou ao Departamento de Polícia Técnica a realização de exames periciais no local. Os peritos estiveram na residência e encontraram marcas de sangue.

Dando sequência aos trabalhos, o delegado localizou e ouviu testemunhas, que relataram ter havido uma briga entre a acusada e a vítima. Sendo assim, uma equipe empreendeu diligência, onde localizou Elizângela, em via pública, mais precisamente na esquina da rua Filipinas com a rua França, no bairro Ulisses Guimarães, por volta das 17H30.

A autora confessou o crime, dizendo que agiu para se defender das agressões iniciadas por Ananias, e indicou aos policias o local onde jogou a faca, objeto que foi apreendido pelos policiais e encaminhado para perícia. A vitima foi autuada em flagrante por homicídio qualificado, crime previsto no Art. 121, onde prevê penas de 12 a 30 anos de prisão. Por: Rafael Vedra/Liberdadenews