Pescador é preso pela PM com 31 pedras de crack em Alcobaça

Na noite de sábado, 16 de maio, por volta das 18h40, foi apresentado à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, o pescador Valmir Alves de Jesus, de 34 anos, oriundo de Ilhéus e morador do Barco Aquamarine, no cais do Porto de Alcobaça.traficopescador

Primeiro os policiais da 88ª Companhia Independente da Polícia Militar de Alcobaça (CIPM), receberam a informação dando conta que o pescador, dificilmente estava saindo para o mar pescar e quase sempre era visto nas imediações de um bar próximo ao cais, bebendo e vendendo entorpecentes.

Em posse da informação os militares foram ao Porto e lá, no mesmo local indicado na denúncia, avistaram o suspeito, além de um menor. Como o adolescente nada foi encontrado, enquanto com Valmir, que ainda tentou negar ser traficante, foram apreendidas 31 pedras de crack, embaladas e prontas para serem vendidas.

O acusado Valmir Alves de Jesus, de 34 anos, foi inicialmente apresentado à Delegacia da Polícia Civil de Alcobaça, onde acabou ouvido e indiciado pelo delegado substituto Charlton Fraga, com base no Artigo 33, da temida Lei 11.343/2006 – tráfico de entorpecentes. Como Alcobaça continua sem carceragem para abrigar seus presos, o acusado terminou recambiado para a carceragem da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, onde permanece à disposição da Justiça. Fonte: Liberdadenews