Pai de garoto assassinado em assalto clama por justiça

Nossa equipe de reportagem, esteve na manhã desta segunda feira (25), na casa da família de Felipe Gomes Lisboa (8 anos) que foi cruelmente assassinado durante assalto na estrada que dá acesso ao distrito deVolta Miúda, em Caravelas. Onde dois criminosos interceptaram a pauladas, pai e filho, que seguiam em uma motocicleta, a criança estava de carona e não resistiu aos graves ferimentos e veio a óbito na UTI doHMTF.

O pai Valdeixo Lisboa dos Santos, conhecido como “Liliu”, fez questão de desabafar com nossa reportagem, e clama por justiça.

“Em primeiro lugar, eu gostaria de perguntar, onde estar esse órgão chamado direitos humanos? Eu e minha esposa estamos sem dormir, tanto sofrimento que não sei explicar. Quando fecho meus olhos, eu vejo meu filho me olhando com o capacete, e direitos humanos não veio em minha casa, só servem para defender monstros. Para mim, são dois monstros. Eles já haviam cometido um crime bárbaro em Rancho Alegre, assassinaram um senhor, e foram liberados, este órgão ajuda colocar esse tipo de criatura na sociedade de novo. Hoje estou aqui, todo espancado, perdi meu filho, e cadê nossos direitos? Estamos indignados, as coisas tem que  mudar, a sociedade tem que se unir, os valores estão invertidos”, revoltado desabafa Liliu.

O pai, ainda continuou, “quem será o próximo que eles irão matar?”.

De acordo Liliu, ele seguiu todos os procedimentos, até ensinou um dos elementos a ligar a moto.

“Quando assustei foi com uma paulada nos peitos, e ouvi uma palavra, ‘mata’, a moto estava com freio ruim, e eles questionaram porque não parei antes, e já começaram a me bater, em seguida tomei mais uma paulada no rosto, desmaiei, quando voltei a si, vi meu filho sem capacete me olhando, tomei outra pancada. Quando acordei novamente, meu menino estava ensanguentado no chão. Corri para estrada pedindo socorro, mas ninguém quis parar. Voltei peguei Felipe no colo, e mesmo assim, algumas pessoas não pararam, e ai apareceu um conhecido, e nos socorreu. Achei que tinha salvado a vida de meu filho”, conta-nos em meio a muito choro.

Há 90 dias, Liliu passou também por um susto, ele foi assaltado na mesma estrada por bandidos com a mesma semelhança dos que foram apreendidos. A ação, já foi próximo a Teixeira de Freitas onde levaram sua moto.

“Não imaginei que iria passar por isso novamente, e ainda com meu filho junto, perder meu menino dessa forma, não dar para me conformar”, muito emocionado nos conta o pai.

Após ação rápida dos policiais militares do PETO e da CAEMAintensificaram as buscas aos acusados do bárbaro crime e, no início da madrugada deste sábado (23), conseguiram lograr êxito e apreenderam os acusados pelo crime de latrocínio.

Trata-se de dois menores, sendo um de 15 e outro de 16 anos, ambos moradores do Distrito de Rancho Alegre, em Caravelas.

Na manhã desta segunda feira (25), eles foram encaminhados ao MP (Ministério Público).

A sociedade e familiares estão se mobilizando para uma passeata nesta terça feira (26), às 16h, com a concentração e saída em frente a Prefeitura para clamar por justiça.

Mirian Ferreira/LN