O “rei do estelionato” é preso pela CETO

Ailton-Reis-SouzaPoliciais civis do Serviço de Investigação (SI) e militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), prenderam de terça-feira (20), por força de um mandado de prisão, Aílton Reis Souza, de 48 anos, acusado de praticar crimes de estelionato em várias cidades da Bahia. Ele já vinha sendo monitorado pela polícia, que ultimamente descobriu que o mesmo estava atuando como pequeno comerciante em Teixeira de Freitas.

No momento da prisão, que aconteceu na rua Estrela do Sul, bairro Liberdade, Ailton estava em posse de um jogo de mesa e cadeiras MDF da marca Simol, além de um fogão de seis bocas Atlas, produtos que segunda a polícia foram comprados com cheques em nome de terceiros emitidos ilegalmente pelo acusado.

No sistema Infoseg, que reúne informações das secretarias de segurança pública de todo o país, os policiais descobriram que Ailton possuía inquéritos instaurados em seu desfavor em várias cidades baianas, como Ipiaú (1993), Itapetinga (1994), Salvador (1998), Paulo Afonso (2001) e Santo Antônio de Jesus (2014), além de um mandado de prisão em aberto oriundo da comarca de Medeiros Neto.

Em entrevista à reportagem o acusado relatou que muda muito de cidade devido sua atividade comercial e ultimamente havia se estabelecido no bairro São Lourenço, devido sua proximidade com o centro de Teixeira de Freitas, onde administrava um açougue.

Ailton Reis aplicou golpes em, pelo menos, 7 empresas.
Ailton Reis aplicou golpes em, pelo menos, 7 empresas.

Segundo acaba de informar o delegado Marco Antônio Neves, titular da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, as acusações que recaem sobre o acusado são várias e todas elas estão sendo checadas para que a polícia possa saber com detalhes o que o homem vinha fazendo para responder a tantos inquéritos policiais. Por força do mandado de prisão da comarca de Medeiros Neto, Aílton Reis Souza, de 48 anos, vai permanecer preso à disposição da Justiça. (Por Tyago Ramos)