Mulher morre ao cair em buraco no bairro Arco Verde

Por volta do meio-dia desta quinta-feira, 8 de maio, a Polícia Militar foi informada de que uma mulher teria morrido após cair em um buraco na rua Araripe, no bairro Arco Verde, em Teixeira de Freitas.

Trata-se de Fildecina da Costa Faria Oliveira, de 49 anos, moradora do mesmo bairro. O corpo dela foi encontrado ainda dentro do buraco e, pela posição, supunha-se que ela tenha quebrado o pescoço na queda. Uma equipe da Polícia Civil liderada pelo delegado titular Marco Antônio Neves fez o levantamento cadavérico.

Segundo informações, ela estava andando e se desequilibrou em uma valeta na rua, que tem buracos por toda a parte formados devido à má conservação e ação da chuva. Não há pavimentação. O local fica próximo a uma escola e muitas mães disseram que se sentem em perigo ao deixar as crianças saírem de casa, pois quase todas as vias da localidade estão em péssimo estado.buraco

Uma equipe do Departamento de Polícia Técnica, composta pelos peritos Marco Antônio Lima e Alexson Magalhães esteve no local e procedeu aos exames periciais. Conforme o perito Marco Antônio, a rua está danificada por erosões avançadas provocadas pela ação da chuva, que gerou diversos sulcos, com profundidade de até 90cm.

Ainda segundo o perito, não há condições de carros, motos e bicicletas transitarem naquela via. As pessoas começaram a passar em um caminho às margens da cerca, que tem um espaço de aproximadamente 1,0m de largura, onde, possivelmente, a vítima teria caminhado e desequilibrado. Ela caiu em um buraco de 91 cm de profundidade por 53 cm de largura.

De acordo o delegado Marco Antônio Neves, um inquérito policial foi instaurado para apurar responsabilidade e aguardará o resultado da necropsia para se pronunciar. O perito Marco Antônio Lima informou que a vítima pode ter morrido por asfixia ou por deslocamento da medula, sendo ainda possível um ataque fulminante do coração. “Só a necropsia para identificar a causa”, disse. Fonte: Liberdadenews