Morte de Jeann: motorista confirma ultrapassagem proibida

O motorista, Abraão Sezana de Oliveira que conduzia a caminhonete Amarok placa policial ODN 2750 de Vila Velha – Es, contou em depoimento à Polícia Civil no final da tarde desta terça-feira, 13 de maio, que realmente tentou a ultrapassagem provocando o acidente que matou o servidor da Câmara Municipal, Jeann Machado Santos, 34 anos, que também era filho do policial rodoviário Sobral.

Ainda segundo Abraão, durante a tentativa de ultrapassagem, o pneu dianteiro do lado esquerdo da caminhonete teria estourado ocasionado a perca de controle da direção e a invasão da pista contrária.

Morte de JeannO acidente ocorreu no início da tarde desta terça em ponte na altura do KM 903 da BR 101 logo depois do distrito de Rancho Alegre. Jeann que viajava sentido a Teixeira de Freitas em uma motocicleta foi surpreendido pela caminhonete que via na direção oposta.

Segundo o perito criminal Bruno Mello, responsável pela perícia local, mesmo com a frenagem de 30 metros, a Amarok ainda arrostou a moto por 80 metros do ponto de colisão. O corpo da vítima foi arremessado da ponte e caiu de uma altura de 30 metros.

Durante entrevista nesta quarta-feira, 14, o perito contestou versão do motorista e disse que pneu estourou ao bater contra a mureta de proteção da ponte e não durante a tentativa de ultrapassagem.

Segundo cálculos feito pela Polícia Técnica, a velocidade média da caminhonete era igual ou superior a 100 km por hora, velocidade bem acima da estabelecida pela placa de regulamentação que determina o tráfego em até 60 Km por hora no referido trecho. Bruno Melo também destaca que o local é um trecho de pista sinuosa com ultrapassagens proibidas.

Apesar de o depoimento ter sido prestado na delegacia de Teixeira de Freitas, o inquérito foi encaminhado para Caravelas, já que o acidente ocorreu no território caravelense.

De acordo com o delegado Marco Antônio, Abraão não foi flagranteado porque se apresentou espontaneamente, ele poderá responder por dolo eventual, quando o motorista assume o risco do resultado ou homicídio culposo sem intenção de matar.

O velório de Jeann está acontecendo na Capela da Igreja São Francisco de Assis, no Bela Vista em Teixeira de Freitas, o sepultamento está marcado para as 15 horas dessa quarta-feira. Uinderlei Guimarães/Sulbahianews

Matéria relacionada

Filho do PRF Sobral morre em
acidente na BR-101, em Caravelas