Morre aos 70 anos, Amilton Curty, fundador da COOPMISTA

Hamilton CurtyMorreu no final da manhã de terça-feira, 22 de abril,  em um leito do Hospital Sobrasa de Teixeira de Freitas, após dois anos lutando contra um câncer de próstata, o agropecuarista Amilton Curty, que no próximo dia 28 de junho, faria 71 anos de idade. Hamilton Curty, era presidente fundador da COOPMISTA – Cooperativa Mista de Teixeira de Freitas e do Sindicato Patronal Rural de Teixeira de Freitas, e por meio da Coopmista, administrava o Parque de Exposições Temóteo Alves de Brito.

Amilton Curty era capixaba de Mimoso do Sul e chegou ao então povoado de Teixeira de Freitas, em 1973. Em Teixeira, foi madeireiro e dono de serraria e já na década de 80, enxergou no agronegócio, o grande potencial econômico da região. Fundou a Coopmista em 1980, com o objetivo de apresentar produtos da entidade voltados para o agronegócio. E em 1981, criou a exposição agropecuária, que em outubro de 2013, realizou a sua última edição, que foi a 32ª Exposição Agropecuária de Teixeira de Freitas. Por meio da exposição, Amilton Curty sempre conseguiu mostrar o que existiu de multissetorial nos mais variados segmentos, como indústria, comércio e serviços.

Amilton Curty sempre foi considerado o patrono do agronegócio e suas ações sempre permitiram dar maior visibilidade ao setor rural e fez da exposição agropecuária, uma vitrine de oportunidades. Através dela, os produtores rurais e expositores sempre tiveram acesso aos bancos com linha de crédito para o financiamento de animais, máquinas e equipamentos agrícolas.

Amilton Curty dizia que a feira funciona como ponte entre os produtores e as inovações tecnológicas, porque lá eles têm acesso ao melhoramento genético dos animais, gerando maiores oportunidades para a diversificação da agricultura e pecuária. Tão logo a notícia do seu falecimento foi confirmada, a empresa da família, a Adsoft Informática, na rua da Pituba, fechou as portas e uma página de luto oficial foi aberta no site da empresa. O corpo do agropecuarista Amilton Curty está sendo velado no salão nobre da Igreja São Francisco de Assis, na Rua Águas Claras, no bairro Bela Vista. O sepultamento está marcado para as 10h desta quarta-feira (23), no Cemitério Jardim da Saudade, em Teixeira de Freitas. Amilton Curty deixou viúva, a dona Lélia Curty, além de ter deixado um casal de filhos (Alexandre e Cynara), um casal de netos (Breno e Crívia) e um bisneto (Miguel). Fonte: Teixeiranews