Mineiro com prisão decretada volta vai para cadeia por não pagar diária de hotel

Policiais militares da Companhia de Emprego Tático Operacional (CETO), prenderam na tarde desta segunda-feira (18), Rodrigo Fonseca Artuso, de 38 anos, natural de Paracatu/MG., que após pernoitar em um hotel de Teixeira de Freitas, queria deixar a cidade sem pagar as despesas da diária.

MineiroApós a tentativa do “calote” os militares da CETO foram acionados e conseguiram fazer a detenção do suspeito, que inclusiva carregava consigo uma bolsa contendo celulares, documentos diversos, além de R$ 7 em espécie.

Levado à sede da 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, o mineiro Rodrigo tentou negar o golpe, momento que os policiais aproveitaram para fazer uma consulta do Infoseg, sistema que reúne informações das secretarias de segurança de todo o país. E na checagem ficou comprovado que Rodrigo Fonseca Artuso, de 38 anos, possui um mandato de prisão em aberto por crime de estelionato, Artigo 171 do Código Penal Brasileiro (CPB), com validade até o ano de 2025.

Com a descoberta a delegada Maria Luíza, de plantão na tarde deste sábado (18), deu voz de prisão ao suspeito e determinou seu encaminhamento para o setor de custódia da 8ª Coorpin.

A expectativa é que nos próximos dias o indivíduo seja recambiado para sua comarca de origem, onde deverá responder pelo crime a ele atribuído. (Por Ronildo Brito e Tyago Ramos)