Menor diz assaltar para fumar maconha e “ostentar com as novinhas”

Na tarde de domingo, dia 8 de novembro, após denúncia repassada à 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas (CIPM), através do telefone 190, uma guarnição do Pelotão de Emprego Tático Operacional (PETO), deslocou-se ao bairro Bela Vista, na região central da cidade. A denúncia dava conta que dois elementos, a bordo de uma moto Honda Pop, estariam praticando assaltos em série, ação conhecida como “arrastão”, nos bairros Bela Vista e Monte Castelo.novinhas

Chegando ao local, os policiais localizaram a dupla fazendo manobras perigosas na motocicleta de cor vermelha, placa NYM-4219, licenciada em Medeiros Neto, quando foi iniciada uma perseguição. Pouco tempo depois, os policiais conseguiram parar o condutor do veículo, um adolescente de 17 anos, enquanto o comparsa dele, que estaria armado, conseguiu pular e fugiu a pé.

Questionado sobre seu passado, o menor disse que havia sido apreendido na última sexta-feira (6) e liberado no mesmo dia. Sobre a acusação de praticar vários assaltos na cidade, o infrator admitiu que havia saído pra fazer uma “correria”, pois gosta de usar “chá”, que na gíria do crime significa maconha, pois somente assim ele ficaria bem com as “novinhas”, garotas de pouca idade, supostamente também viciadas em drogas.

O menor teve seu auto de apreensão em flagrante lavrado e nos próximos dias será apresentado ao Ministério Público. Ele também admitiu ser conhecido como “Sementinha do Mal” e relatou abertamente ter assaltado pelo menos dez pessoas em companhia do comparsa que conseguiu escapar. “Eles [policiais] só me pegaram, após eu cair”, disse. Na queda o infrator se feriu na boca e em um dos braços. Por Ronildo Brito