Marina ressurge com discurso contra a corrupção e o foro privilegiado

Marina tem adotado o bordão “doa a quem doer” na defesa do fim do foro privilegiado
Elza Fiuza/Agência Brasil

Marina tem adotado o bordão “doa a quem doer” na defesa do fim do foro privilegiado

A presidenciável Marina Silva (Rede) ressurge devagar no cenário político nacional e regional visando a candidatura à presidência no ano que vem.

Ela se aliou ao senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP) na bandeira contra a corrupção e o fim do foro privilegiado para políticos (há proposta aprovada na CCJ e na fila para o plenário no Senado).

Marina tem adotado o bordão “doa a quem doer” na defesa do fim do foro. “Eles (detentores do foro) se aproveitam dessa prerrogativa para se protegerem da punição dos crimes que cometem contra o patrimônio.”