Marcus Vinícius diz que não vai tolerar abusos de criminosos em Teixeira

O delegado Marcus Vinícius, chefe da 8ª Coordenadoria Regional da Polícia Civil de Teixeira de Freitas, disse que não vai tolerar abusos de bandidos que tentarem impor atos de vandalismo com destruição ao patrimônio público ou privado, envolvendo ações de criminosos em desfavor da sociedade.

Disse que o direito de protesto é legítimo, mas, é ilegítimo destruir e atentar contra a vida das pessoas e informou que todos os fatos estão sendo apurados para responsabilizar seus autores, ao falar se referindo do protesto liderado por homens armados que atearam fogo em um ônibus coletivo da Viação Santa Clara no último sábado (11/1).Camera

O delegado-coordenador também informou que o laudo da perícia médica constatou que o adolescente Jonatas Limas, 17 anos, foi morto por asfixia. O laudo descreve que o menor se asfixiou fatalmente ao engolir uma sacola plástica contendo pedras de crack durante a prévia de uma abordagem da PM e não por espancamento, como moradores do bairro estavam acusando policiais de uma unidade especializada do 13º BPM, cuja acusação motivou o protesto com a destruição do ônibus circular.

A Viação Santa Clara divulgou uma nota na segunda-feira (13/1) informando que reduzirá a circulação dos seus coletivos em certos horários, principalmente nos bairros Estância Biquíni, Ulisses Guimarães, Residencial Ramalho, Liberdade, Temotão e Tancredo Neves. Por Athylla Borborema/TN