Marcha das Vadias protesta contra violência de gênero em Porto Alegre

Militantes dos direitos das mulheres promoveram na tarde deste domingo (27) uma edição da Marcha das Vadias em Porto Alegre.

Após uma concentração no parque da Redenção, o principal da capital gaúcha, centenas de manifestantes percorreram ruas da região central da cidade e protestaram em frente a uma Delegacia da Mulher.

Algumas militantes participaram do ato com seios à mostra e exibindo pinturas pelo corpo com mensagens contra o machismo.

A “Marcha das Vadias” surgiu no Canadá em 2011 e vem sendo organizada em diversas partes do mundo nos últimos anos.

Expectativa da organização da Marcha das Vadias em Porto Alegre (RS) era de que 4 mil pessoas comparecessem.
Expectativa da organização da Marcha das Vadias em Porto Alegre (RS) era de que 4 mil pessoas comparecessem.

O ato tem o objetivo de chamar a atenção para diversas situações enfrentadas pelas mulheres no cotidiano, como assédio e responsabilização das vítimas.

Na edição do Rio Grande do Sul, alguns dos temas mencionados no ato são a legalização do aborto e a alta nos números de violência contra a mulher.