Major Magalhães é o comandante da recém-criada 87ª CIPM

O 13º Batalhão da Polícia Militar foi extinto

O governador Rui Costa nomeou no sábado (11/4), no Diário Oficial do Estado da Bahia, o nome do major Raimundo Magalhães como o novo comandante da Polícia Militar no município de Teixeira de Freitas. A nomeação veio após a extinção do 13º Batalhão da Polícia Militar e a criação da 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas, que dá cumprimento à Lei Estadual nº 20.884\2014, sancionada em 10 de dezembro de 2014, da Organização Básica da Polícia Militar criando 19 novas companhias independentes em todo o Estado e dois novos CPRS no Sudoeste e na Chapada Diamantina.magalhaes-600x330

A Lei nova criou a 88ª Companhia Independente da Polícia Militar de Alcobaça, com atuação nos municípios de Alcobaça e Caravelas e a 89ª Companhia Independente da Polícia Militar do distrito de Itabatã, com atuação nos municípios de Mucuri e Nova Viçosa. E extinguiu o 13º Batalhão da Polícia Militar da cidade de Teixeira e a unidade acaba de ser transformada na 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas, que passa ter área de atuação apenas no município teixeirense.

A Lei que ao mesmo tempo rebaixou o status da nomenclatura policial militar de Teixeira de Freitas também elevou a 5º Companhia de Polícia Militar de Itabatã, que era vinculada ao extinto 13º Batalhão, ao posto de 89ª Companhia Independente da Polícia Militar de Itabatã, que ganhou neste sábado (11), o seu primeiro comandante que é o capitão  Silvio de Cerqueira Nunes, oriundo de Teixeira de Freitas. E elevou a 4ª Companhia de Alcobaça, que também era vinculada ao abolido 13º BPM de Teixeira ao status de 88ª Companhia Independente da Polícia Militar de Alcobaça, que também ganhou seu primeiro comandante neste sábado (11), major Dourival Dantas Dias, oriundo de Vitória da Conquista.

Já a recém-criada 87ª Companhia Independente da Polícia Militar de Teixeira de Freitas, ganhou o major Magalhães como seu primeiro comandante e como novo comandante da PM em Teixeira de Freitas. Com a criação da 87ª CIPM de Teixeira, as Companhias de bairros foram extintas e a CETO foi também extinta e substituída pelo PETO (Pelotão Especial Tático Operacional). Em compensação a cidade de Teixeira ganhou outro órgão importante para a Polícia Militar, um Batalhão Escola.

O extinto 13º Batalhão de Polícia Militar, com sede em Teixeira de Freitas, passa a ser denominado Batalhão de Ensino, Instrução e Capacitação, mantendo a sua respectiva numeração original conforme o Artigo 62 da LOB PM BA. O tenente-coronel Paulo Silveira se manterá comandante do 13º, agora 13º BEICAP de Teixeira de Freitas. Já a atividade de policiamento ostensivo comunitário das áreas de policiamento passa a ser executada pela 87ª Companhia Independente de Polícia Militar, cujo comandante é o major Magalhães.

O chamado CPR com sede em Itabuna agora passa a ser CPRS – Comando de Policiamento Regional Sul e o novo comandante assumiu recentemente por nomeação do governador Rui Costa e trata-se do coronel Marcelo Luiz Brandão Teixeira que comanda a Polícia Militar no sul, baixo sul e extremo sul da Bahia. Já a cidade de Vitória Conquista ganhou um CPRS que terá base no sudoeste e sudeste da Bahia.

O novo comandante da Polícia Militar de Teixeira de Freitas, major Raimundo Magalhães recebeu indicação para o cargo de comandante da 87ª CIPM de Teixeira, de vários oficiais superiores e por quase a unanimidade deles, inclusive do atual comandante do CPRS coronel Marcelo Brandão e do próprio tenente-coronel Paulo Silveira, um dos mentores do projeto de reorganização da PM na Bahia.

Falando com o Teixeira News no início da tarde deste domingo (12), major Raimundo Magalhães se disse feliz com a nomeação, embora consciente do desafio que é comandar o policiamento de uma cidade da importância de Teixeira de Freitas e prometeu estruturar a 87ª CIPM na conformidade das necessidades do município e as prioridades a ser dadas para que a sociedade tenha segurança e bem estar com as ações da Polícia Militar como a sua principal parceira.

Quem é o major Magalhães:

O major Raimundo Cezar Magalhães Dantas é bacharel em Direito pela Universidade Católica de Salvador (UCSal). É pós-graduado em Direito Civil e Processual Civil pela Faculdade de Direito Vale do Rio Doce (FADIVALE). Pós-graduado em Gestão de Segurança Pública e, Gestão Estratégica pela Universidade Estadual da Bahia (UNEB). É mestre em Gestão e Desenvolvimento Social – “Gestão participativa e polícia comunitária: uma analise da participação social na gestão polícia ostensiva da base comunitária” pela Universidade Federal da Bahia (UFBA).

Ingressou no oficialado da Polícia Militar da Bahia em 28 de fevereiro de 1983. Em 2 de agosto de 1985, chegou ao aspirantado a oficial como o segundo colocado da turma. Em 17 de fevereiro de 1986 foi promovido a 2º Tenente. Em 17 de fevereiro de 1988, foi elevado ao posto de 1º Tenente. Em 1º de outubro de 1994, chegou ao posto de Capitão. E em 23 de dezembro de 2006, foi promovido ao posto de oficial superior como Major. Já ocupou importantes cargos de comando da Polícia Militar na Bahia, a exemplo de chefe do núcleo de Planejamento do 16º BPM de Salvador e do 13º BPM de Teixeira de Freitas, subcomandante do 8º BPM de Porto Seguro e comandante por cinco anos da 43ª CIPM de Itamaraju. Por Athylla Borborema