Mais 5 mil quilos de frangos apreendidos

Nos últimos meses, as vigilâncias sanitárias de Eunápolis e Porto Seguro, o escritório da Agência Estadual de Defesa Agropecuária da Bahia (ADAB) de Eunápolis e o Ministério Público de Porto Seguro têm realizado importantes blitzen que coíbem práticas nocivas à saúde humana, que já se tornaram corriqueiras na cadeia de comercialização de diversos produtos alimentícios nas duas cidades.
frangos apreendidosUma das mais recentes ações culminou com o fechamento de dois abatedouros clandestinos de aves (frangos) no final do mês passado, no Baianão e Agrovila, na cidade de Porto Seguro. Segundo as informações da Adab, os dois abatedouros, apesar de funcionarem irregularmente, vendiam os frangos como se o abate fosse inspecionado.
‘Além da questão da saúde pública, teve também a questão ambiental, em razão dos dejetos de sangue, tripas e penas, que não estavam tendo destino correto’, salientou o veterinário André Pereira da Silva, que participou da blitz.
frangosOs estabelecimentos abatiam cerca de 1.500 aves por dia, produção que era distribuída a comerciantes para revenda nos bairros periféricos da cidade. Além de fechar os abatedouros, a equipe formada por servidores da Vigilância Sanitária (VS), ADAB, Polícia Ambiental, PM e Ministério Público Estadual apreendeu mais de 5 mil quilos da frangos abatidos.
A deflagração da operação foi autorizada pela Justiça, que atendeu a ação proposta pelo MPE, autorizando a busca e apreensão e interdição dos estabelecimentos.
Nas últimas semanas, em Eunápolis, um açougue e um restaurante foram interditados – o restaurante já foi desinterditado temporariamente -, e algumas centenas de quilos de carnes e outros alimentos retirados dos freezers de estabelecimentos. Fonte: Radar 64