Liminar garante retorno do prefeito de Guaratinga ao cargo

Um desembargador plantonista do Tribunal de Justiça da Bahia concedeu liminar, neste domingo (13), para suspender decisão de primeira instância que afastou, na semana, Kenoel Viana do cargo de prefeito do município de Guaratinga.
O prefeito questionou decisão do juiz da comarca de Guaratinga, Rodrigo Quadros, de tê-lo afastado da chefia da administração municipal, acatando ação civil pública ajuizada pelo Ministério Público baiano, denunciando que o prefeito exonerou servidores concursados nomeados no ultimo ano da gestão anterior.

Prefeito Kenoel Viana ficou quatro dias afastado do cargo.
Prefeito Kenoel Viana ficou quatro dias afastado do cargo.

Embora o afastamento tenha se dado na quarta-feira (09), o vice, Ezequiel Xavier, só tomou posse dois dias depois, pois a justiça não conseguiu notificar a presidente da câmara de vereadores, Simone Almeida. Por conta disso, o ato de posse foi conduzido pelo juiz Rodrigo Quadros. Fonte: Radar 64