Inscrições para exibição de filmes de curta-metragem terminam amanhã

camera-video-filme-filmadora-lenteAs inscrições para o 19º Festival Brasileiro de Cinema Universitário (FBCU), evento que ocorrerá no Rio de Janeiro, e em Niterói, de 10 a 16 de agosto próximo, terminam amanhã (30). O festival é destinado à exibição de filmes de curta-metragem, totalmente produzidos por alunos de universidades brasileiras.

O projeto tem por objetivo oferecer espaço para exibição dos filmes universitários, de forma a promover a integração entre as escolas de cinema, e delas com o público, e possibilitar encontros de alunos, ex-alunos, professores e profissionais de cinema.

Nesta edição, serão selecionados cerca de 30 filmes, cada um com aproximadamente 30 minutos de duração, que concorrerão em oito categorias: construção narrativa, contribuição artística, contribuição técnica, expressão cultural, expressão poética, pesquisa de linguagem, retrato da realidade nacional e voto do público.

De acordo com um dos coordenadores do FBCU, Guilherme Tristão, o objetivo não é premiar os melhores em cada categoria, mas sim os que mais se destacaram em determinados aspectos. “A curadoria do projeto [formada por professores, profissionais da área  e estudantes nos períodos finais da faculdade] avalia a qualidade do projeto, a melhor linha poética em cada categoria”, disse.  Outro ponto considerado é a diversidade da cultura brasileira. “Procuramos expor a qualidade da composição regional. É claro que o eixo Rio-São Paulo é predominante, existe mais material desta área, mas tentamos garantir que o Brasil todo seja retratado através de filmes de qualidade”, conclui Tristão.

Prêmios paralelos também são entregues a cada ano. O grande destaque é o Projeto Sal Grosso: este projeto seleciona roteiros de estudantes das escolas de cinema e oferece aos participantes, durante o festival, oficinas com grandes profissionais da área. Ao final dos encontros, um roteiro é selecionado para se transformar em um curta-metragem para ser apresentado na edição seguinte do evento.

O FBCU tornou-se referência em exibição da produção audiovisual universitária brasileira e completa 19 anos em 2015. Segundo a organização do evento, nesse período já foram exibidos mais de 85 mil curtas-metragens, e revelados novos talentos da cinematografia brasileira, como Felipe Bragança, roteirista dos filmes Praia do Futuro (2014) e Heleno (2011), e Laís Bodanzky, diretora do filme Bicho de Sete Cabeças (2001).

Podem ser cadastrados curtas-metragens realizados não só por estudantes de cinema, mas de qualquer área de conhecimento e de todo o Brasil, desde que o filme tenha sido totalmente produzido a partir 2012 e não tenha sido exibido em edições anteriores do festival. As inscrições são feitas através do site: www.fbcu.com.br. Para mais informações é necessário enviar um e-mail para: [email protected] .