Índios impedem produtores rurais de fazerem colheita

Indios x fazendeirosA invasão de mais de 150 propriedades rurais, por índios pataxós, em área que abrange partes dos municípios de Itabela e Porto Seguro, há mais de uma semana, está causando prejuízos a esses produtores.
É que as colheitas não estão sendo feitas, impedidas pelos pataxós, que interditaram as estradas e isolaram as propriedades. Assim, produtos como o mamão e a banana, facilmente perecíveis, estão apodrecendo nos pés.
Dramática também é a situação dos rebanhos bovinos, que estão nas fazendas sem ter quem tome conta.

Alguns criadores até desejam retirar o rebanho, mas são impedidos. É o que ocorre na fazenda Brasília, onde são criados mais de 1.500 bovinos. A propriedade está cercada, não havendo quem cuide do rebanho. Em media 15 reses dão cria por dia, e muitos desses filhotes estão morrendo por falta de cuidados.
De acordo com o que os fazendeiros relataram , cerca de 170 propriedades estão ocupadas. Os fazendeiros já ajuizaram um pedido de reintegração de posse, na Justiça Federal, mais até o momento, não houve uma decisão.
Ainda de acordo com o site, essa demora está gerando uma intolerância que motivou, na madrugada de sábado (03), um atentado contra um veiculo da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), que foi alvejado com 14 disparos de arma de fogo. Ninguém ficou ferido.
Essa agressão teria agravado o impasse entre índios e fazendeiros, gerando mais tensão. Fonte: Radar 64