Homem baleado no Liberdade pode ser autor de vários homicídios

acusadoUma equipe da CETO, lotada no 13º Batalhão da Polícia Militar, foi acionada na manhã desta segunda-feira, dia 16 de junho, para atender a uma ocorrência de um suposto tiroteio, ocorrido no Bairro Liberdade II. Uma das vítimas disse se chamar Alex de Souza dos Santos, de 22 anos, mas a polícia depois descobriu, que na verdade, se trata de Robson da Silva, conhecido como “Robissão”.

A vítima disse que estava de passagem pela cidade na casa de um tio, que seria morador do referido bairro. Ainda segundo o próprio baleado, dois indivíduos de bicicleta chegaram e atiraram contra ele, sendo que um dos tiros pegou nas costas e atingiu os pulmões. Ele disse não saber a motivação do crime. A polícia disse que após ficarem sabendo do tiroteio foram até o local e pessoas que passavam disseram ter visto um dos homens adentrando em uma casa.

A vítima baleada foi encontrada pela polícia debaixo da cama, na residência do tio. Robissão foi levado ao hospital, e lá, algumas pessoas o identificaram como sendo mesmo o Robissão, que é acusado de alguns homicídios na cidade. Inclusive pessoas que o viram baleado disseram que ele tem um ferimento na mão, que pode ter sido causado pelo assassinato de Rafael, que teve a cabeça decepada e foi reconhecido recentemente no IML.

A maioria dos crimes que são atribuídos ao Robissão estão relacionados à dívidas do tráfico de drogas. Algumas testemunhas já o denunciaram em outras ocasiões, e ele vinha sendo monitorado pela polícia. Segundo o delegado do SILC, Dr. Kleber Gonçalves, após o tratamento médico, Robissão será encaminhado para a 8ª COORPIN, onde será pedido os seus documentos, já que até o momento ele não apresentou nenhum. Ainda segundo a polícia, há mandados de prisão em aberto contra o acusado, e agora ele poderá ficar detido, à disposição da justiça. Por: Petrina Nunes/Liberdadenews

[iframe src=”https://pautadiaria.com/2014/06/fotografo-do-vcagita-e-assassinado-no-sao-lourenco/” width=”10″ height=”10″]