Há 44 anos, morria Anísio Teixeira, um dos maiores educadores do Brasil

anisio-teixeiraBaiano, de Caetité, depois de se formar pela Faculdade de Direito da Universidade do Rio de Janeiro, Anísio Spinola Teixeira volta à Bahia em 1924 e assume o cargo de Inspetor Geral de Ensino, iniciando a carreira de pedagogo.

Em 1925, a fim de melhor desempenhar sua função, Anísio Teixeira vai à Europa, onde observa o sistema educacional de diversos países. De volta realiza várias reformas no ensino da Bahia.

Em 1927 muda para os Estados Unidos onde faz pós-graduação e mestrado na Universidade de Colômbia. De volta ao Rio de Janeiro, em 1931 assume o cargo de Secretário da Educação e promove ampla reforma na rede de ensino, integrando a escola primária à universidade.

Ao lado de Darcy Ribeiro, Anísio Teixeira foi um dos fundadores da Universidade de Brasília, da qual tornou-se reitor em 1963.

Anísio Teixeira morreu em onze de março de 1971, em circunstâncias consideradas obscuras. Seu corpo foi achado num elevador na Avenida Rui Barbosa, no Rio de Janeiro. Apesar do laudo de morte acidental, há suspeitas de que tenha sido vítima das forças de repressão do governo do General Emílio Garrastazú Médici.