Muita gente ainda tem insegurança com relação à realização de compras durante maior evento de e-commerce do ano. Isso acontece por conta das “fraudes” que alguns comerciantes fazem ao dar descontos que na verdade não passam de enganação. Para evitar tal situação, o Cuponation, pertencente à Global Savings Group, empresa especializada em economia do consumidor, criou um guia para se preparar para o Black Friday, além de informações sobre como foi a edição anterior e o que esperar para esse ano.

1. Credibilidade da loja

É bastante comum que neste período apareçam lojas que você não conhecia antes, dando descontos chamativos, porém absurdos. Em casos como esse, é válido ficar alerta e optar por lojas nas quais você já comprava antes. Se for mesmo  comprar numa loja nova, é possível verificar a credibilidade da mesma conferindo a reputação no ReclameAqui e, especialmente para lojas virtuais, no site do ProconSP (onde há uma lista de e-commerces não confiáveis). Além disso, existe um código de ética feito pela Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico, por isso averigue se a loja em que pretende fazer compras assinou o mesmo.

2. Monitoramento prévio

Antes da Black Friday é recomendável que o consumidor verifique como os preços estavam antes do evento. Dessa forma é possível notar se a loja está dando um desconto efetivo ou se está apenas aumentando o preço de um produto para que pareça desconto posteriormente. O ProconSP realiza esta pesquisa 2 meses antes da Black Friday, por isso é muito válido conferir no site a autenticidade das promoções nos diferentes.

3. Planejamento de compras

Um simples planejamento de suas compras para dia 23 de novembro pode ser fundamental para um consumo mais consciente.  Faça uma lista com os produtos que tem em vista, e já adiante até mesmo os presentes de Natal para economizar ainda mais na data festiva. Há apenas 3 dias do evento, a maioria empresas já divulgaram quais serão seus descontos em 2018, por isso é válido conferir se os descontos condizem com os produtos que você pretende comprar.

Black Friday ou Black Fraude? Saiba como não ser enganado na compra

4. Formas de Pagamento

Nos e-commerces, a forma de pagamento escolhida pode dar mais ou menos desconto no final da compra. Por isso, verifique qual é a opção mais adequada para seu bolso, além de ler os termos e condições da promoção. Entre as vantagens pode estar o frete gratuito, por exemplo. Não esqueça de conferir as taxas de juros vigentes em seus cartões.

5. Atenção aos produtos participantes e cadastro

Assim como nas lojas físicas, os e-commerces não colocam todos os seus produtos em promoção. Por isso, fique atento às sinalizações dos produtos e/ou categorias que estão participando do evento, para consumir aqueles que realmente estiverem mais baratos. Se já tiver em mente em quais lojas virtuais pretende fazer compras, faça seu cadastro antecipadamente para ter acesso aos descontos em primeira mão.

Procon de olho na Black Friday: Fique atento às dicas para não ser enganado

6. Redes sociais e aplicativos

Aproveite suas redes sociais para conferir o que o público anda dizendo sobre o site que você está navegando e sobre as categorias que você busca. Tags como #blackfriday e #blackfriday2018 podem ajudar!

Black Friday 2018