Fraude no INSS: PF cumpre mandados de prisão contra contadores do Sul da Bahia

A Polícia Federal cumpre desde o início da manhã desta sexta-feira, 27 de março, mandados de prisão e de buscas e apreensão nas cidades de Teixeira de Freitas, Prado, Itamaraju, Itabela, Eunápolis e Porto Seguro. Diversos escritórios contábeis estão sendo alvo da operação, que investiga uma grande fraude no INSS. Cerca de 15 equipes da Polícia Federal, formadas por agentes da DPF/Porto Seguro, além de policiais federais de Salvador, Ilhéus, Sergipe e Espírito Santo deram cumprimento a diversos mandados de prisão preventiva.pfdd1-600x330

Relação dos nomes dos envolvidos com mandado de prisão: Adelson Alves Novais, Adenir Alves da Silva, Amiron Rodrigues de Souza, Antônio Amâncio Santana, Antônio Geraldo Ferreira Couto, Dionísio Souza do Carmo, Gidevaldo Ferreira Couto, Ginaldo Oliveira de Souza, José Carlos da Silva Ribas, Luiz Carlos de Oliveira Souza, Nonato Moreira de Almeida, Raimundo Nonato Cruz de Almeida, Rogaciano Giacomini dos Santos, Romildo Lopes, Rosângela Alves de Souza Ferreira, Ruy Amado Barros e Utembarre Barbosa da Silva.

Além da prisão preventiva, os citados ainda terão o bloqueio total dos bens, suspensão da atividade econômica e profissional. Alguns dos citados estão sendo conduzidos por um avião da Polícia Federal, e a qualquer momento embarcarão no Aeroporto 9 de Maio em Teixeira de Freitas. Adelson Alves Novais, Adenir Alves da Silva e Rosângela Alves de Souza Ferreira já foram encaminhados ao Conjunto Penal de Teixeira de Freitas.

A fraude no INSS já é considerada o maior escândalo de recursos públicos da história do país. Sendo alvo de ações e investigações em todo o território nacional. Por: Rafael Vedra/Liberdadenews