Estável quadro clínico de homem baleado na cabeça em Alcobaça

cabeçaAguinaldo Marcio Meira Quadros, 46 anos de idade, conhecido como “Cabeça”, morador de Teixeira de Freitas,  foi alvejado a tiros na orla da cidade de Alcobaça, após um assalto. O crime aconteceu por volta das 16h30, de quarta-feira, 28 de maio.

Segundo informações, o “Cabeça” e outras três pessoas estavam em frente à residência, quando dois elementos passaram de moto, voltaram, o carona desceu e anunciou o assalto. Todos deitaram no chão e o criminoso começou a subtrair celulares e carteiras. Neste momento, o “Cabeça” correu para dentro da casa, pegou uma mangueira, que tinha um aplicador em forma de e ameaçou os criminosos.

O bandido atirou cinco vezes contra a vítima e conseguiu acertar 03 tiros na cabeça. Dois projeteis ainda estão alojados na cabeça e, embora tenha havido uma melhora no quadro clínico do “Cabeça”, ainda é grave o seu estado de saúde. Amigos e familiares estão sempre na frente do hospital, em vigília pela melhora do Aguinaldo. “Pessoa amiga, brincalhona e muito humana, não merecia estar nesta situação”, disse um amigo.

Após o crime, policiais militares efetuaram rondas na cidade e conseguiu conduzir para a Delegacia 05 suspeitos. O delegado titular de Alcobaça, Dr. Robson Marocci, e sua equipe, avançaram nas investigações e conseguiram chegar aos dois acusados, que após fazerem exames de pesquisa residuográfica (pesquisa de pólvora e chumbo) nas mãos dos acusados, conseguiram a confissão dos mesmos.

Eles foram identificados como Welton Botelho da Silva, de 30 de idade e Kedson Santos do Rosário, de 23 anos. Ambos foram presos pelo delegado Robson Marocci e sua equipe, com apoio de policiais militares do 13º BPM de Teixeira de Freitas. A dupla encontra-se custodiada na Delegacia Territorial de Alcobaça e provavelmente será recambiada para a Unidade Prisional de Teixeira de Freitas. Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews