Denúncia indica ligação entre os acidentes da madrugada de domingo

Conforme denúncia de um internauta, que preferiu não se identificar, a um site da cidade, o acidente com o veículo Astra que culminou na morte de Nilson Souza Galvão, de 47 anos, Jaqueline Barbosa dos Santos, 20 anos, e Sérgio Moreno Santana Passos, que morreu no hospital, e a do garçom Sauneth Wilson de Souza Guimarães, 52 anos, que seguia com sua motocicleta Honda/CG Titan 150, de cor azul, placa policial JQJ 2259, quando no Km 60 da BA-290 foi surpreendido por uma “Cinquetinha”, que seguia na contramão, e colidiu, na madrugada de domingo, 15 de novembro, possui ligação.batida

Segundo relatos do internauta, por volta das 3h30, o garçom Sauneth  sofrera o acidente e, ferido, pediu socorro, quando os ocupantes do Astra pararem para ajudá-lo. Enquanto aguardava atendimento, surgiu um veículo de cor vermelha em alta velocidade, e mesmo com  a concentração de pessoas próximo ao local do acidente, o carro não diminuiu a velocidade e teria atropelado o garçom. Após atropelar, o carro vermelho arrancou e fugiu, momento em que os ocupantes do GM/Astra, de cor prata, placa policial  HAV 9836, que era conduzido por Nilson, saiu em perseguição.cinquentinha

Ao emparelhar com veículo vermelho, já na BR-101, este o jogou para fora da pista, quando capotou por mais de 40 metros e acabou colidindo em uma gaiola usada no transporte de eucalipto.

O delegado Manoel Andreetta esteve nos locais dos acidentes com o perito Manoel Garrido e encontraram marcas de tinta vermelha no Astra. O delegado e o perito acreditavam em um possível racha, mas, não descartaram a hipótese do carro ter sido fechado e jogado para fora da pista. Outro fato que faz a denúncia ganhar força é o estado do corpo do garçom, com marcas e sinais bem mais graves do que apenas de uma colisão.

Conforme a polícia técnica, todos os laudos serão encaminhados ao delegado Manoel Andretta, que está a frente do caso. Ele junta indícios que confirmem a ligação entre os acidentes e pede que qualquer informação que possa ajudar a localizar o carro vermelho, sejam passadas através do 197, e que a identidade do denunciante será mantida em absoluto sigilo. Por Pauta Diária com informações do Liberdadenews