Criança morre vítima de meningite na UMMI

Exames de necropsia realizados pelo Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas confirmaram esta tarde, 24 de novembro, que Aclycia Victória de Souza Santos, de apenas 1 ano e 1 mês, morreu vítima de meningite.

A vítima faleceu na Unidade Materno Municipal Infantil (UMMI) e foi removida para o exame de medicina legal após uma autorização do delegado William Telles, procedimento comum em casos de  mortes com causas duvidosas. O corpo da criança foi levado para São José de Alcobaça, onde será sepultado.

A meningite é uma doença que consiste na inflamação das meninges – membranas que envolvem o encéfalo e a medula espinhal. Ela pode ser causada, principalmente, por vírus ou bactérias.

A transmissão se dá pelo contato da saliva ou gotículas de saliva da pessoa doente com os órgãos respiratórios de um indivíduo saudável, levando a bactéria para o sistema circulatório aproximadamente cinco dias após o contágio. Como crianças de até 6 anos e ainda não têm seus sistemas imunológicos completamente consolidados, são elas as mais vulneráveis. Idosos e imunodeprimidos também fazem parte do grupo de maior suscetibilidade.

A doença chega a matar em cerca de 10% dos casos e atinge 50% quando a infecção alcança a corrente sanguínea e é este um dos motivos da importância do tratamento médico. Febre alta, fortes dores de cabeça, vômitos, rigidez no pescoço, moleza, irritação, fraqueza e manchas vermelhas na pele (que são inicialmente semelhantes a picadas de mosquitos, mas rapidamente aumentam de número e de tamanho, sendo indício de que há uma grande quantidade de bactérias circulando pelo sangue) são alguns dos seus sintomas. Por: Sulbahianews/Uinderlei Guimarães