Cientistas tentam gerar ser humano a partir de células-tronco

Cientistas da Universidade de Cambridge criaram com sucesso um embrião de um rato vivo a partir de células-tronco. Esta tecnologia pode ser usada para criar um embrião humano artificial no futuro, relata a mídia.

Os pesquisadores misturaram dois tipos de células-tronco de rato, depois criaram um embrião em químicos artificiais, que reproduziram um útero natural, comunica The Telegraph.

“Acreditamos que vá ser possível reproduzir a maioria dos eventos de desenvolvimento que ocorrem antes dos 14 dias usando células-tronco humanas e aproximação semelhante com a de rato”, disse a professora Magdalena Zernicka-Goetz do Departamento de Psicologia, Desenvolvimento e Neurociência de Cambridge, que liderou a pesquisa.

Até o momento atual, cientistas vinham utilizando nos experimentos o excesso dos embriões humanos de operações de fertilização in vitro, onde espermatozoides e óvulo são combinados em laboratório. Mas tais embriões devem ser eliminados depois de duas semanas de desenvolvimento.

Agora, cientistas estão interessados em receber a fonte de embriões, que são criados sem uso de espermatozoides e óvulo. Com informações da Sputnik News Brasil.