A China concordou em retirar restrições à importação da carne bovina da Austrália durante uma visita ao país do primeiro-ministro chinês, Li Keqiang. O premiê australiano, Malcolm Turnbull, disse que o acordo iria liberar as exportações de 11 companhias australianas, sem limitações.

“Esse novo acordo gerará um significativo crescimento futuro”, afirmou Turnbull. As exportações de carne bovina da Austrália para a China geraram 8 bilhões de dólares australianos (US$ 6,1 bilhões) no ano passado. O acordo entre os países ocorre em meio a um escândalo de carne contaminada no Brasil, que levou países, entre eles a China, a buscar outras fontes de carne. A China tem sido o maior comprador da carne brasileira. Com informações do Estadão Conteúdo.