Bombeiros removem corpo de taxista de lago no Parque Gravatá

Depois de quase duas horas e meia de buscas, mergulhadores do corpo de bombeiros conseguiram remover da lagoa do Parque Ecológico Gravatá, na manhã desta terça-feira (27), o corpo do taxista Sandoval Meira dos Santos, de 41 anos.

Bombeiros removem corpo de taxista de lago no Parque Gravatá
Bombeiros removem corpo de taxista de lago no Parque Gravatá

O taxista se afogou no lago, que fica na região central de Eunápolis, por volta das 15h de segunda-feira (26).

Sandoval Meira, que morava em Porto Seguro, pescava com dois amigos e teria tentado cruzar a lagoa, que tem mais de 100 metros de largura, nadando. Já a cinco metros da margem, Sandoval teria afundado.
As buscas tiveram inicio por volta das 08h da manhã desta terça (27). De acordo com os mergulhadores, a remoção do corpo do leito do lago demorou porque as informações sobre o ponto exato do afogamento eram desencontradas.
Segundo a Guarda Municipal, que fica no parque das 6h às 9h e das 15h às 18h, é proibido tomar banho no lago.
A Polícia Civil vai abrir inquérito para investigar a morte do taxista. Amigos e testemunhas de Sandoval devem ser chamados para prestar depoimento. Fonte: Radar 64