Baleado na cabeça consegue andar por dois quilômetros

Um rapaz de 20 anos, mesmo baleado na cabeça, conseguiu andar quase dois quilômetros na noite desta terça-feira (03). Jeferson Batista de Almeida contou que passava com a namorada pelas imediações da Feira do Bueiro, no centro de Eunápolis, quando duas pessoas se aproximaram e, depois de hostilizar a garota, dispararam vários tiros.

Baleado de raspão na cabeça, Jeferson andou por quase dois quilômetros e não quis ser levado pro hospital
Baleado de raspão na cabeça, Jeferson andou por quase dois quilômetros e não quis ser levado pro hospital

O homem falou ainda que, enquanto tentava proteger a companheira, uma bala o atingiu. A jovem saiu correndo pela Rua 13 de Maio em direção ao Pequi e Jeferson foi para o Gusmão.

Nas proximidades do Colégio Humberto de Campos, na Rua Tamoios, Jeferson parou. Estudantes acionaram o Samu, mas quando o socorro chegou a vítima se recusou a ser levada para o hospital. Atingido de raspão na cabeça, Jeferson foi medicado e deixado no local.
O ferido falou que já trabalhou de caseiro em algumas residências da cidade, que é usuário de maconha e que atualmente é funcionário de um posto de lavagem. Ainda conforme Jeferson, a sua namorada tem o prenome de Rosilene e é mais conhecida no mundo do crime – onde seria traficante -, como ‘Rará’. Fonte: Radar 64