Arena Corinthians ganha tempo, e COL não vê problema com assentos

 

Uma das principais condições para que o sistema de venda de ingressos da Copa do Mundo de 2014 seja perfeito (ou quase) é ter, até 31 de dezembro de 2013, todos os estádios prontos e, claro, com os assentos devidamente instalados. Mas no caso de São Paulo, a Fifa terá de esperar um pouco mais. Coisa de dias.

Conforme o próprio secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, declarou recentemente, a Arena Corinthians deverá ser entregue até o dia 5 de janeiro, por conta das festas de final de ano e também por não fazer diferença para entidade uns dias a mais ou a menos. Mas nesta sexta-feira, o CEO do COL, Ricardo Trade, colocou mais dias.evento-arenacorinthians-diegoribeiro-2

“No caso específico de São Paulo, o estádio vai ficar pronto em dezembro, mas vamos ter até 10, 15 de janeiro para os assentos temporários, o que não nos atrapalha. Não vai impactar na nossa venda”, declarou Trade, lembrando que há uma equipe responsável por mapear todos os assentos nos 12 estádios da Copa.

A explicação técnica para o atraso na instalação dos 20 mil assentos temporários da Arena Corinthians (localizados atrás dos gols) é que, por uma questão da segurança, não há como trabalhar simultaneamente na instalação das cadeiras e na colocação da cobertura.

“Tivemos uma reunião excelente com o pessoal da cidade de São Paulo, com a presença do Corinthians e da construtora recentemente. Está tudo certo”, disse Trade.

Em julho de 2011, Valcke chegou a dar um prazo até fevereiro de 2014 para o estádio de São Paulo. Porém, no início de maio deste ano a Fifa divulgou que esperava a arena pronta até dezembro de 2013. O problema alegado pelo clube e pela construtora para ter mais tempo na obra era a instalação dos 20 mil assentos temporários, que tornam o estádio apto a receber a abertura do Mundial com 68 mil lugares.

Uma reunião de emergência foi convocada no dia 15 de maio, com as presenças de nomes como Valcke, pela Fifa, Ronaldo, pelo COL, e Andrés Sanches, pelo Timão. O grupo deixou o encontro garantindo a entrega da Arena Corinthians (com 68 mil cadeiras) até o final de dezembro deste ano.

– Mudamos a data só para vocês poderem dizer que houve atraso – brincou Valcke recentemente, após anunciar o dia 5 de janeiro como novo prazo.

Atualmente, o estádio do Corinthians está em fase de acabamento, com mais de 82% do projeto concluído.