Após resolver o problema, Prefeitura diz que é boato possível saída dos Bombeiros

João-BoscoSegundo Nota Oficial divulgada na quarta-feira, 3 de julho, pela Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Teixeira de Freitas/BA, o 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros já tem novas instalações.

O prefeito da cidade, João Bosco, e o secretário de Segurança com Cidadania, Coronel Calheiros, após matéria veiculada em jornal de grande circulação na região, resolveram o problema bem antes do prazo máximo de 30 dias para que o grupamento desocupasse a sala improvisada na sede do 13º BPM, que precisará do espaço para o curso de formação de soldados que acontecerá na instituição. Na referida notícia, ele já teria garantido que junto ao secretário estava pensando numa solução para o problema, pois “estamos com um aeroporto prestes a ser inaugurado, que precisa do Corpo de Bombeiros, e se ele for embora de Teixeira é um retrocesso imenso”, segundo afirmou.

Em contrapartida, o subtenente Raimundo Rodrigues de Oliveira contou que jamais autoridade política alguma os visitou para saber de seus anseios, sendo que está não é a primeira vez que estão alojados em local improvisado. Disse ainda, na ocasião, que caso terminasse o prazo, o grupamento iria para qualquer cidade do Extremo Sul que oferecesse condição para instalação da tropa.

O Corpo de Bombeiros permanecerá na cidade, e as novas instalações serão na rua Maria Emília, bairro Ouro Verde, que “já estão passando por adaptações para atender adequadamente a demanda dos Bombeiros Militares. No início desta semana o comandante Raimundo Rodrigues Oliveira vistoriou  e aprovou o local”, conforme Assessoria da Prefeitura, que pecou ao usar o termo BOATO, que significa “notícia, novidade que circula na boca do povo, sem origem conhecida que a autentique. Notícia falsa”, quando o texto que circulou em diversos meios de comunicação, inclusive no Pauta Diária, em momento algum usava o verbo no indicativo, dando certeza da saída do grupamento, antes, informou à população sobre uma possibilidade com respaldo em relatos do subtenente e do próprio prefeito João Bosco. Mesmo que este garantisse que não permitiria que a cidade perdesse os bombeiros, deu ciência da possibilidade, como arquivado e disponível em sites e no jornal impresso.

Caso o termo BOATO permaneça se referindo a matéria, subentende-se que o gestor, além de, supostamente, o comandante do grupamento, tenham dito inverdades à imprensa, que noticiou matéria baseada em entrevistas, com áudios gravados comprovando a veracidade de cada informação passada. O termo boato caberia no caso de textos sem citações verídicas e fontes confiáveis. Quanto às declarações do subtenente, não restam dúvidas quanto à sua idoneidade e preocupação com a possível saída do Corpo de Bombeiros da cidade, pois ele está preocupado com o atendimento que prestam a 13 municípios na região, enquanto instalados em Teixeira de Freitas. No que concerne ao prefeito, o Pauta Diária pede licença ao leitor para emitir opinião neste texto, pois, se sentiu ofendido com a matéria, no mínimo, ‘impensada’ da assessoria da prefeitura, que chama de mentiroso quem se preocupa em levar informação séria ao teixeirense e deixá-lo ciente de tudo que ocorre em seu município de forma clara, sem a mácula da manipulação, para que o cidadão, sabendo do problema, cobre dos responsáveis soluções imediatas. E isso foi feito quanto ao grupamento, como visto em redes sociais. Lamentamos que o gestor não tenham tido a perspicácia e a honestidade de emitir nota informando que já resolveu a questão e, conforme garantiu à imprensa, o Corpo de Bombeiros fica.

CONFIRA A NOTA OFICIAL DA PREFEITURA DIVULGADA EM SITES LOCAIS:

“Contrariando boatos oriundos de informações difundidas em veículos locais, não há riscos deste grupamento deixar Teixeira de Freitas.

A Prefeitura de Teixeira de Freitas esclarece que o 3º Subgrupamento do Corpo de Bombeiros Militares de Teixeira de Freitas, unidade da base do 6º Grupamento (GBM) permanecerá no município.

Contrariando boatos oriundos de informações difundidas em veículos locais, não há riscos deste grupamento deixar Teixeira de Freitas.

As novas instalações, à Rua Maria Emília – Ouro Verde, já estão passando por adaptações para atender adequadamente a demanda dos Bombeiros Militares. No início desta semana o comandante Raimundo Rodrigues Oliveira vistoriou e aprovou o local.”

Por Carla Félix/Pauta Diária