APLB coloca outdoor na cidade contra indicação política para direção de escolas em Teixeira

Fotos: reprodução Facebook

Definitivamente, a relação entre a Gestão Municipal e a APLB-Sindicato, em Teixeira de Freitas, não é das melhores.

Agora, por meio de um ofício assinado pelo secretário Hermon Freitas, [vide imagem neste texto], a Secretaria de Educação afirma que não cabe à APLB deliberar quanto ao horário de funcionamento das escolas do município, sendo essa função de caráter único e exclusivo da sua pasta.

Como resposta, a presidente da entidade publicou em uma de suas redes sociais “Caros colegas, o Secretário de Educação sabe que terá que negociar essa questão com a Aplb Teixeira de Freitas. Ou então inviabilizaremos o fechamento do ano letivo. Quando foi que tivemos medo de ameaças do patrão?”.

Outro assunto polémico é que o prefeito estaria com planos de mudar o processo de escolha dos diretores escolares, que na cidade ocorre de maneira democrática. Contra o que chama de indicação política, a APLB colocou um outdoor em frente a prefeitura e outro perto do terminal rodoviário.

Ah! Uma reunião do Conselho Municipal de Educação ocorreu e o secretário Hermon, que era esperado, faltou. Resultado?! Postagens no Facebook.

Aguardemos que o embate saia das redes sociais e flua o diálogo proveitoso em uma reunião entre as partes, sem perdas para Educação, tampouco para os estudantes.