Aleijadinho: morte de artista mineiro completa 200 anos nesta terça-feira

aleijadinho-200-anosNesta terça-feira (18), a morte de Antônio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, completa 200 anos. Considerado um dos maiores gênios da arte mundial, o artista plástico morreu no dia 18 de novembro de 1814. Nascido em Ouro Preto (Minas Gerais), Aleijadinho ficou conhecido por suas esculturas e obras entalhadas em pedra que são patrimônios históricos da humanidade.

Por ter se tornado famoso apenas após a sua morte, muito da biografia do artista se perdeu no tempo. Nem ao mesmo se tem certeza de sua data de nascimento. A versão mais aceita (retirada da sua certidão de óbito) aponta o nascimento em 1738. Porém, a biografia do artista, escrita em 1858 por Rodrigo José Bretas, apontaria que seu nascimento teria acontecido no ano de 1730.

Aleijadinho tinha este apelido por causa de uma doença degenerativa que começou a se manifestar, segundo Bretas, no ano de 1777. Nem mesmo a limitação física após a doença (Aleijadinho perdeu dedos das mãos e dos pés enquanto ainda estava na ativa) fez com que ele deixasse de criar obras históricas.

Apesar de ter o nome ligado ao estilo barroco, Aleijadinho caminhou muito mais próximo ao estilo rococó. Entre as obras de maior destaque do artista estão a Igreja São Francisco de Assis (em Ouro Preto), a obra Passos da Paixão e a obra 12 Profetas, que estão no Santuário do Bom Jesus de Matosinhos, na cidade de Congonhas do Campo (MG).

Para relembrar a trajetória do artista plástico, o Programa Caminhos da Reportagem, da TV Brasil, fez um especial que foi ao ar no último dia 13. No vídeo abaixo, você pode ver um pouco a mais da vida, obra e legado de um dos maiores brasileiros de todos os tempos.