Adolescente é estuprada em Medeiros Neto

Uma adolescente de 17 anos foi estuprada por volta das 14 horas de segunda-feira (9/2), em casa, no bairro Planalto II, em Medeiros Neto.estupro

Depois do estupro, vizinhos ouviram gritos e, quando chegaram na casa, o acusado correu pelos fundos e desceu por um barranco que dá acesso à BA-290. De lá ele desapareceu.

A vítima e vizinhos reconheceram Ailton de Jesus Brandão, 31 anos, mais conhecido como “Ailton Doido” ou “Boticário”, como sendo o autor do estupro.

De acordo com familiares, a adolescente estava sozinha em casa quando o acusado chegou com uma faca enrolada em um jornal e obrigou a menor a entrar para o banheiro. “Ele colocou um pano na boca dela e fez ameaças com uma faca, tanto é que o jornal ficou aqui em casa”, contou a mãe, chorando e revoltada.

A mãe, que no mesmo dia se preparava para se deslocar ao distrito de Barcelona, município de Caravelas, para o velório do irmão, disse que Ailton não frequentava sua casa, mas que ela e outros vizinhos sempre davam café, almoço e janta para ele.

Uma equipe do Conselho Tutelar acompanhou a vítima do estupro a Teixeira de Freitas. Uma das conselheiras disse que a adolescente sangrou muito, que estava psicologicamente abalada e que já havia sido medicada.

A Polícia Militar, com três guarnições, fez buscas na casa do acusado, nas residências que ele frequenta e em cerca de 10 km na margem do rio Itanhém, mas não obteve êxito. No final da noite a PM recebeu uma informação de que o acusado teria sido visto por uma criança em uma das casas do conjunto habitacional que está sendo construído no bairro Vista Alegre. Cinquenta casas que ainda estão sem portas e janelas foram abordadas, mas o acusado não foi localizado. Fonte: Edelvânio Pinheiro do site Radar58.