Acusados de homicídio em Itanhém são transferidos para Teixeira

AcusadoO juiz da comarca de Itanhém, Ricardo Costa e Silva, autorizou a transferência de dois presos, que estavam na delegacia da cidade, para o Complexo penitenciário de Teixeira de Freitas. A solicitação foi feita pelo delegado titular Jorge da Silva Nascimento, que explicou ao Radar58 que o pedido foi feito por medida de segurança.

João Carlos Antunes Ferreira, mais conhecido como “João Boca de Leite”, e João Mário Santos de Oliveira, vulgo Petê, já estão na penitenciária. Eles foram recambiados pelo próprio delegado e pelo investigador Felipe Mendes.

acusados transferidos“João Boca de Leite” é acusado de ter participado, em abril de 2013, de um duplo homicídio, na cidade de Itanhém. Já João Mário Santos de Oliveira, vulgo Petê, é acusado de ter matado o vaqueiro Gilson Rodrigues da Silva Portugal, no final do ano passado, com golpes de facão. Na ocasião o corpo do vaqueiro foi localizado sem o olho, a língua e a orelha. Um trabalho conjunto entre as polícias Militar e Civil culminou com a prisão de Petê ainda em flagrante.  Por: Edelvânio Pinheiro/Radar58