Acusado de homicídio em Teixeira e seu filho são presos no ES

Pai e filho foram presos pelos militares da Radiopatrulha do 2º BPM, na noite de sábado do último dia 26 de abril, por volta das 23h40, no bairro Pinheirinho, em Pinheiros, norte do Espírito Santo. Com eles os policiais apreenderam dois revólveres calibre 38, doze munições do mesmo calibre, R$ 417 em espécie, além de uma bucha de maconha.

Pai e filho foram indiciados em flagrante e permanecem presos à disposição da Justiça l Foto: Divulgação PM
Pai e filho foram indiciados em flagrante e permanecem presos à disposição da Justiça l Foto: Divulgação PM

De acordo com o capitão Leonardo de Castro Cavatti, comandante da 2ª CIPM de Pinheiros, com a prisão dos suspeitos, mais um crime de homicídio foi evitado no município, já que era cogitado que os dois presos tinham ido ao município para vingar a morte do filho e irmão dos detidos (Jucisclei de Jesus Cardoso). O homicídio ocorreu na noite do dia 02 de dezembro de 2013, por volta das 21h30, no bairro Pinheirinho, em Pinheiros/ES. Jucisclei foi atingido no pescoço e morreu ao ser levado ao hospital da cidade.

A Prisão

Sidney de Jesus Cardoso, 36 anos e seu filho Sindiclei Dias Cardoso, 19 anos, foram presos pelos militares, durante o Patrulhamento Ostensivo Motorizado no Bairro Pinheirinho. Os policiais ao avistarem dois indivíduos montados numa motocicleta em atitude suspeita na Rodovia ES 130, tentaram abordá-los, porém eles não atenderam a ordem de parada.

Os militares realizaram acompanhamento dos suspeitos e visualizaram quando um deles dispensou os dois revólveres. Em seguida os militares conseguiram interceptar pai e filho e apreenderam as duas armas. Segundo a PM, a motocicleta utilizada pelos acusados, foi a mesma que Sidney estava conduzindo no dia do homicídio de seu filho Jucisclei.

Os crimes em Teixeira de Freitas

Segundo informa o site oficial da PM do Espírito Santo, Sidney é foragido da Bahia, e inclusive há um mandado de prisão em aberto por crime de tráfico de drogas em Teixeira de Freitas. Ainda segundo a assessoria da Polícia Militar capixaba, ele foi condenado e ainda falta cumprir mais 4 anos e dois meses de reclusão e ainda responde por crimes de homicídio, tráfico de drogas, uso de documento falso e porte ilegal de arma de fogo. A vítima de Sidney teria sido o comerciante Carlos Sandro, de 28 anos, atingido por uma bala perdida durante uma disputa pelo tráfico de drogas no distrito de Santo Antônio, interior de Teixeira de Freitas.

Logo após as prisões pai e filho foram encaminhados ao Departamento de Polícia Judiciária (DPJ) de São Mateus, onde foram autuados em flagrante e vão permanecer presos à disposição da Justiça. (Informações: PM ES)