Acusado de assalto é preso após anotarem a placa da moto

Marcio pereira 2Teixeira de Freitas: Na noite desta quarta-feira, 29 de maio, uma guarnição da Polícia Militar foi atender a uma ocorrência de assalto, na Praça dos Leões, no Centro da cidade. Segundo informações das vítimas, que acionaram a polícia, um indivíduo a bordo de uma moto se aproximou do casal e anunciou o assalto, pedindo que os mesmos passassem os seus celulares. Após a ação, testemunhas anotaram a placa da moto e passaram para a polícia.

O caso foi registrado na 8ª COORPIN e os policiais do SI, liderados pelo delegado titular, Dr. Marco Antônio Neves, conseguiram localizar a casa do dono da moto. Segundo o proprietário da motocicleta, ele havia emprestado a moto para um amigo na noite do ocorrido e deu todas as informações necessárias para a polícia. Continuando a diligência, os investigadores chegaram até o suspeito, que mora na Rua Portela, no Bairro Bela Vista.

Trata-se de Márcio Barbosa Pereira, 26 anos de idade. Márcio foi preso por volta das 19h00, e conduzido para a delegacia. A polícia recuperou os dois aparelhos de celular que foram roubados; apreendeu uma blusa preta, que ele estava usando na hora do assalto e também um simulacro de arma de fogo [pistola ponto 40]. Após ouvir a vítima, os policiais e os acusados, o delegado plantonista, Dr. Manoel Andreeta autuou o Márcio por crime de roubo.

Ele foi enquadrado no art. 157 do Código Penal e permanecerá custodiado na carceragem da 8ª COORPIN, à disposição da Justiça, pois foi preso ainda em flagrante, pois desde o assalto, a polícia estava no encalço do suspeito. Em entrevista à nossa reportagem, o Márcio assumiu o crime e disse que é mecânico de máquinas pesadas, que nunca precisou fazer isso e que não sabe o que deu em sua cabeça. “Estou muito arrependido”, disse Márcio.

Segundo a polícia, o Márcio informou que estava bebendo em uma bar, deixou o seu celular cair, e depois que viu o aparelho quebrado, pediu a moto emprestada e ao ver o casal com os celulares resolveu assaltar. Por: Edvaldo Alves/Liberdadenews